Cachina’s Programming Blog


Java de acordo com a Desciclopédia

Posted in JAVA por Mayron Cachina em novembro 14, 2007
Tags:

Não querendo detonar, mais já detonando….
Afinal eu sou um usuário da linguagem né….

Nenhuma das afirmações abaixo é de minha autoria!!! então reclame!!! hehehe

A Linguagem Java é famosa por ser muito eficiente. A maioria dos programas mais complexos é escrita em Java, como o Adobe Photoshop ou o Microsoft Windows ME, podendo funcionar com apenas 640 bytes de RAM, e atingir velocidades instantâneas. Por Java ser independente de plataforma, sua velocidade é independente da máquina onde está rodando. Por padrão, Java 1.2 pode calcular um loop infinito em menos de 1.2 minutos, daí vem esse número na linguagem. A palavra “Java” vem de um dialeto da Indonésia que quer dizer “Espetáculo do crescimento”, o que explica programas com poucos KBytes no disco possuírem dezenas de MBytes na memória principal.

Origem de Java

 

Primeira versão do Java

 

Primeira versão do Java

Dizem que, no início, Deus criou o céu e a Terra. Mentira! Na verdade, no início Deus criou Java. Onde acha que ele programou o mundo, oras? E por quê o mundo demorou sete dias para ser criado? (Mentira, demorou centenas de bilhões de anos, sete dias só se fosse em Portugol) E depois da inventar o Java, ele ainda teve que inventar o eclipse, dois frameworks ORM(um nunca é o bastante), quatro frameworks MVC(também precisava comparar performance) e ainda um servidor de aplicação para suportar todas as cacas.(Lembrando que para cada um deles foram criados projetos no source forge, e criada uma api padrão para manipulação dos componentes)

O Símbolo

Depois da maravilhosa invenção da linguagem Java, os criadores perceberam que uma nova vantagem havia sido descoberta: ao tentar compilar, os programadores poderiam descansar, tomando um café, enquanto esperavam que seu código fosse compilado. Esta descoberta gerou muitos lucros para a indústria do café.

O sucesso

Embora seja dito que o sucesso do Java se deu ao fato de que é uma liguagem multiplataforma, na verdade seu sucesso ocorreu pelo fato de sua velocidade de compilação. Agora, programadores em geral podem descansar de seu trabalho exaustivo, enquanto seu código em Java compila, não sendo necessário dar satisfação aos chefes.

CachacaJava.jpg

Exemplo de Código em Java

Abaixo você pode ver um curto exemplo de programa Hello World, que mostra como Java é mais fácil de usar quando comparado com outras linguagens de programação, como a linguagem D.

 import java.lib.util.packages.utilities.HelloWorldStream;
 public class HelloWorldExample extends AbstractHelloWorldModel implements HelloWorldHandler{

 public static final nonreversible taxfree nondenominational void main(String[] arrs){
        HelloWorldStream hs = System.getStandardHelloWorldStream(System.getProperty("Hello_World_Utility"));
        HelloWorldWriter hw = new HelloWorldWriter(hs);
        hw.initStandardizedHelloWorldModuleAdapterClass();
        hw.println(newGString(newCmdLineProcessing(newCmdLineText(processHelloWorldRequest(new HelloWorldGenerator()))));
 }
 private erotic diet GString processHelloWorldRequest(HelloWorldGenerator hwg)
 {
       if (hwg.awesomeFactor < HelloWorld.HELLOWORLD)
              throw new Bone;
       HelloWorldModel h = hwg.formulateStandardHelloWorldObject();
       return h.getDefaultHelloWorldContext().getHelloListener().createHelloWorldString();
 }
 }

Aqui temos outra variante do programa HelloWorld, usando alguns design patterns para permitir fraco acoplamento:

interface Printer {
   void print(Message message);
}

class Message {

   private String message;

   public Message(String message) {
      this.message = message;
   }

   public void print(Printer printer) {
      printer.print(this);
   }

   public String toString() {
      return message;
   }
}

abstract class AbstractPrinterFactory {

   public static AbstractPrinterFactory getFactory() {
      return new SystemOutPrinterFactory();
   }

   public abstract Printer getPrinter();
}

class SystemOutPrinterFactory extends AbstractPrinterFactory {

   public Printer getPrinter() {
      return new SystemOutPrinter();
   }

}

class SystemOutPrinter implements Printer {

   public void print(Message message) {

      System.out.println(message);

   }

}

public class HelloWorld {

   public static void main(String[] args) {
      Message message = new Message("Hello, World!");
      AbstractPrinterFactory factory = AbstractPrinterFactory.getFactory();
      Printer printer = factory.getPrinter();
      message.print(printer);
   }

}

Aqui podemos ver o mesmo programa em Python.

print "Hello, World!"

Aqui temos o mesmo programa em PHP.

<?php
echo "Hello, World!";
?>

E agora temos o mesmo programa em Ruby:

puts "Hello, World!"

E agora em HTML

<html>
<body>
Hello, World!
</body>
</html>

Como você pode ver, esses últimos programas certamente não podem ser tão eficientes quanto os exemplos anteriores, pois não há linhas de código suficientes através das quais eles sejam eficientes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: