Cachina’s Programming Blog


Corrigindo erro do Virtualbox 3.2.4 no Ubuntu 10.04

Posted in Dicas,Informática,LINUX,Ubuntu por Mayron Cachina em julho 1, 2010
Tags: , , ,

Recentemente trabalhando com minhas máquinas virtuais no Virtualbox 3.2.4, da Sun/Oracle, me deparei com a seguinte mensagem de erro ao tentar executar qualquer uma máquina virtual

Linux: Corrigindo 'Erro: Kernel driver not installed (rc=-1908)'  do Virtualbox 3.2.4 no Ubuntu 10.04

Após algumas varreduras no Oráculo (Google), cheguei a seguinte solução, que compartilho com vocês.

1° passo:

Verificar através do comando “cat /etc/group” se o seu usuário pertence ao grupo de usuários vboxusers. Caso não, execute o comando abaixo:

$ sudo addgroup usuário vboxusers

2° passo:

Executar o comando da mensagem de erro como usuário root.

$ sudo /etc/init.d/vboxdrv setup

3° passo:

Dar permissão de leitura, escrita e execução ao o usuário root e ao grupo de usuários da pasta /dev/vboxdrv.

$ sudo chmod 770 /dev/vboxdrv

Pronto! Agora você já pode voltar a brincar com as suas máquinas virtuais. 😉

Fonte: Vida o Linux

Grande dica do Amigo Phillip Pimenta , já tinha feito isso na atualização do 9.10, mais agora precisei de novo e não me lembrava 🙂

Anúncios

Testes Funcionais com Selenium IDE

Palestra que eu ministrei na SINFO, explicando como utilizar a ferramenta Selenium para criação de testes funcionais para teste nos sistemas.

Como usar mais de 3G de ram Ubuntu 32b

Posted in Dicas,How To,LINUX,Ubuntu por Mayron Cachina em janeiro 31, 2010
Tags: , , ,

Por padrão o Ubuntu só carrega até 3G de ram, com essa dica você pode usar o total de sua memória.

Basta apenas instalar os seguintes pacotes:

  • sudo apt-get install linux-restricted-modules-server
  • sudo apt-get install linux-headers-server
  • sudo apt-get install linux-image-server linux-server

Após isso, basta reiniciar o pc.

Obs: O primeiro modulo, eu tentei instalar mais ele não estava no repositório, mais instalando só os outros dois funcionou comigo.

Gimp 2.7.1 com janela única para o Karmic Koala

Posted in Dicas,LINUX por Mayron Cachina em janeiro 13, 2010
Tags:

A maioria dos utilizadores do Ubuntu não gostam do Gimp pela sua organização através de 3 janelas separadas. Na minha opinião, para quem tem um monitor único, as 3 janelas não são uma boa solução, no entanto, para os utilizadores que têm mais que o monitor pode ser uma solução muito boa pois podem pôr as janelas dos botões noutro monitor. Como a maioria dos utilizadores prefere com uma única janela, os programadores do Gimp decidiram pôr essa funcionalidade na próxima versão do Gimp. Apesar dessa versão ainda estar em desenvolvimento e poder ter alguns bugs, está já disponível ao público. Assim, se quer ter um Gimp com uma única janela continue a ler este artigo.

Antes de explicar a instalação do Gimp 2.7.1 ainda em desenvolvimento, gostaria de frisar que esta versão como ainda não é final pode ter bugs que podem causar a perda dos seus dados que estiver a editar. Assim sendo, se quiser realmente utilizar esta versão recomendo que faça sempre cópias de segurança às suas imagens que estiver a editar.

Gimp 2.7.1 ainda em desenvolvimento

No entanto, e apenas na minha opinião, apesar de ainda estar em desenvolvimento, o seu estado é estável. Tive a editar algumas imagens para experimentar o novo programa e para ter a certeza do que é dito neste parágrafo. E a conclusão que cheguei é que está estável no entanto tem alguns pormenores que não gostei, por exemplo o facto de não permitir salvar em PNG ou JPG, para isso é preciso utilizar a opção exportar.

Nova janela unica do Gimp com as varias imagens abertas

Instalação

A instalação é muito simples e passa por adicionar apenas um repositório ao seu Ubuntu Karmic Koala e depois actualizar os seus pacotes. Assim, comece por abrir a consola e escrever o seguinte para adicionar o repositório que contém esta nova versão do Gimp:

sudo add-apt-repository ppa:matthaeus123/mrw-gimp-svn

De seguida, actualize as suas listas de programas e actualize o seu sistema. Pode utilizar o programa próprio para isso, o “Gestor de actualizações” (Sistema→Administração→Gestor de actualizações) ou então, a minha recomendação pois é mais rápido, escreva o seguinte no terminal:

sudo aptitude update && sudo aptitude safe-upgrade

A escolher opcao de uma janela unica

Depois de ter o sistema actualizado, abra o seu novo Gimp 2.7.1. Irá deparar-se com as 3 janelas da versão anterior. Para ter uma janela única, vá ao menu Windows→Single Window Mode.

Nova janela do novo Gimp 2.7.1

Referências:

Prueba GIMP 2.7.1 mono ventana;
Packages in “PPA named mrw-gimp-svn for matthaeus123”.

Fonte: ubuntued

Como criar e configurar as barras do Ubuntu

Posted in Dicas,LINUX por Mayron Cachina em novembro 27, 2009
Tags:

Estes procedimentos são úteis quando, sem querer, apagamos uma das barras da tela do Ubuntu (superior e inferior), apenas uma delas e não as duas simultaneamente, e por isso precisamos recria-la com todos os seus componentes; ou simplesmente queremos reconfigura-las, para acrescentar ou retirar componentes; ou até quando queremos alterar a aparência do sistema para deixa-lo num formato que já estamos acostumados (caso da interface similar a do Windows).

Como são procedimentos bem simples, apresentaremos 3 casos com exemplos de configuração. Outros componentes podem ser acrescentados ou retirados das barras de acordo com a sua vontade.

NUNCA EXCLUA as duas barras (superior e inferior) sem ter criado a nova barra !!!

Criação da barra superior igual a original do Ubuntu

Primeiro devemos criar uma barra vazia, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra inferior, selecione a opção “Novo painel”.

Nova barra
Figura nova barra

Agora vamos posicionar a nova barra na posição superior da tela, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra, selecione a opção “Propriedades”, altere o campo “Orientação” para “Superior” e clique no botão “Fechar”.

Propriedades
Figura propriedades nova barra

Agora vamos inserir os componentes desejados :

Menu do Gnome :
Clique com o botão direito do mouse na parte mais a esquerda da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Barra de menus personalizada”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Icones de programas mais utilizados:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a direita do Menu do Gnome da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Lançador de aplicativo…”, clique no botão “Avançar”, selecione o aplicativo desejado e clique no botão “Adicionar”, escolha outros aplicativos e repita os procedimento anterior, ao término clique no botão “Fechar”.

Botão de sessão do usuário:
Clique com o botão direito do mouse na parte mais a direita da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Sessão do miniaplicativo indicador”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Relógio:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a esquerda do Botão de sessão do usuário da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Relógio”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Icones de notificação do sistema:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a esquerda do Relógio da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Área de notificação”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”. A área de notificação as vezes só é apresentada na próxima sessão do usuário, para isso feche a sessão e faça o login novamente.

Barra superior
Figura barra superior configurada

Criação da barra inferior igual a original do Ubuntu

Primeiro devemos criar uma barra vazia, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra inferior, selecione a opção “Novo painel”.

Nova barra
Figura nova barra

Agora vamos posicionar a nova barra na posição superior da tela, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra, selecione a opção “Propriedades”, altere o campo “Orientação” para “Inferior” e clique no botão “Fechar”.

Agora vamos inserir os componentes desejados :

Mostra área de trabalho:
Clique com o botão direito do mouse na parte mais a esquerda da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Mostra área de trabalho”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Lista de janelas:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a direita do botão de mostrar área de trabalho da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Lista de janelas”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Lixeira:
Clique com o botão direito do mouse na parte mais a direita da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Lixeira”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Alternador de espaços de trabalho:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a esquerda da Lixeira da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Alternador de espaços de trabalho”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Barra inferior
Figura barra inferior configurada

Criação de uma barra inferior para ter a aparência similar a do Windows

Primeiro precisamos instalar o pacote gnome-main-menu (menu desenvolvido pala Novell), este pacote está nos repositórios Universe (no Ubuntu customizado estes repositórios já estão habilitados), para isso abra o instalador de pacotes Synaptic (Sistema->Administração->Gerenciador de pacotes Synaptic). Maximize a janela do Synaptic, clique no ícone “Procurar”, localizado na parte superior direita da janela, digite gnome-main-menu e clique no botão “Procurar” e espere alguns instantes. Clique com o botão direito do mouse sobre o nome “gnome-main-menu”, selecione a opção “Marcar para instalação”, será apresentado a lista de pacotes que serão instalados, clique no botão “Marcar”. Para instalar os pacotes marcados, clique no ícone “Aplicar”, posicionado na superior central da janela, clique no botão “Aplicar” e aguarde os pacotes serem instalados.

Agora devemos excluir a barra inferior, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra inferior, selecione a opção “Excluir este painel”.

Agora devemos criar uma barra vazia, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra inferior, selecione a opção “Novo painel”.

Nova barra
Figura nova barra

Agora vamos posicionar a nova barra na posição superior da tela, para isso, clique com o botão direito do mouse sobre a barra, selecione a opção “Propriedades”, altere o campo “Orientação” para “Inferior” (caso deseje pode escolher a orientação superior) e clique no botão “Fechar”.

Agora vamos inserir os componentes desejados :

Menu principal :
Clique com o botão direito do mouse na parte mais a esquerda da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Menu principal” (Navegador de aplicativos e menu padrão), clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Icones de programas mais utilizados:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a direita do Menu do Gnome da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Lançador de aplicativo…”, clique no botão “Avançar”, selecione o aplicativo desejado e clique no botão “Adicionar”, escolha outros aplicativos e repita os procedimento anterior, ao término clique no botão “Fechar”.

Lista de janelas:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a direita dos icones de programas mais utilizados da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Lista de janelas”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Relógio:
Clique com o botão direito do mouse na parte mais a direita da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Relógio”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”.

Icones de notificação do sistema:
Clique com o botão direito do mouse na parte logo a esquerda do Relógio da nova barra, selecione a opção “Adicionar ao painel”, na janela apresentada selecione o componente “Área de notificação”, clique no botão “Adicionar” e clique no botão “Fechar”. A área de notificação as vezes só é apresentada na próxima sessão do usuário, para isso feche a sessão e faça o login novamente.

Barra tipo Windows
Figura barra inferior configurada com a aparência similar ao Windows

 

Menu tipo Windows

Figura do menu da barra inferior configurada com a aparência similar ao Windows
Após o término da configuração desta nova barra inferior, a barra superior deve ser excluída para termos uma aparência similar ao Windows.

 

Fonte: Blog Linux no PC

Envio de E-mail com Jquery e PHP

Posted in Dicas,JAVASCRIPT,PHP por Mayron Cachina em junho 1, 2009
Tags: , ,

Esse é um pequeno exemplo de como você pode integrar Ajax e PHP para enviar um e-mail.

Vamos comentar um pouco o código:

Contato.php

<div id="resposta"></div>
<div id="formulario">
<p><label for="nome" id="lbnome"><strong>Nome:</strong></label></p>
<p><input type="text" id="nome" name="nome" /></p>
<p><label for="email" id="lbemail"><strong>E-mail:</strong></label></p>
<p><input type="text" id="email" name="email" /></p>
<p><label for="mensagem" id="lbmensagem"><strong>Mensagem:</strong></label></p>
<p><textarea id="mensagem"></textarea></p>
<p><input type="button" alt="Enviar" id="submit" value="Enviar" /></p>
</div>


<script type="text/javascript" src="jquery.js"></script>
<script type="text/javascript">
jQuery(document).ready(function() {
jQuery("#resposta").ajaxStart(function(){ jQuery(this).html("Mensagem sendo enviada, por favor aguarde..."); });
jQuery('#submit').click(function() {
var nome     = jQuery('#nome').val();
var email    = jQuery('#email').val();
var mensagem = jQuery('#mensagem').val();
jQuery.post('mail.php',
{ nome: nome, email: email, mensagem: mensagem, contato: true },
function(data, textStatus) {
jQuery('#resposta').html(data);
});
return false;
});
});
</script>

Explicação do código a cima:

Após isso criaremos o formulário para contato. Não é obrigatório colocar a tag <form> pois vamos pegar os valores pelo ID dos campos, por isso é importante sempre colocar os id´s no input 🙂

Para tudo funcionar deve-se primeiramente ter adicionado a biblioteca jquery.
<script type="text/javascript" src="jquery.js"></script>

A <div id=”resposta”> é muito importante. É nela que vai ser mostradas as informações que vão ser processadas do php.

A função:

jQuery('#submit').click(function() {...

Nada mais é do que pegar o botão e executar um POST assincrono.

var nome     = jQuery('#nome').val();
var email    = jQuery('#email').val();
var mensagem = jQuery('#mensagem').val();

Pega os valores dos inputs (por isso tem que ter os ids)…

jQuery.post('mail.php',
{ nome: nome, email: email, mensagem: mensagem, contato: true },
function(data, textStatus) {

Envia o post ao arquivo mail.php

jQuery('#resposta').html(data);

retorna os dados em formato html para a div resposta. Por isso eu disse que ela é importante.

No arquivo mail.php nada mais é do que um script php com um tratamento de erros e uma validação com expressão regular de e-mail com envio.

Baixe o exemplo aqui ou veja uma demonstração.

Site com Plugins JavaScript

Posted in Dicas,JAVASCRIPT por Mayron Cachina em maio 29, 2009
Tags:

Precisando de um plugin para incrementar seu site?!
Confiram o site HotAjax! muito bom com vários plugins em Jquery e Moontools.


Entrar no site

Colocando marca d’água na foto com PHP

Posted in Dicas,How To,PHP por Mayron Cachina em fevereiro 10, 2009

Pessoal precisei fazer um sistema que colaca-se uma marca d’água na foto automaticamente. Achei uma classe na internet que faz justamente isso (quando tiver um tempinho eu vou da uma melhorada nela…).

Vamos ver um exemplo? (more…)

Gerando PDF com Python – Parte 2

Posted in Dicas,PYTHON por Mayron Cachina em julho 4, 2008
Tags: ,

Vamos continuar nosso estudo com o ReportLab. Hoje vamos aprender como formatar Strings no PDF.

Um pequeno exemplo de formatação:

#!/usr/bin/env python
#-*- coding:utf-8 -*-
# Criado >> Mayron Cachina
# Data: 03/07/08
#
# Gerando PDF com PLATYPUS (Page Layout and Typography Using Scripts)
#
(more…)

Desabafo de um usuário Linux

Posted in Dicas,LINUX por Mayron Cachina em junho 28, 2008

Pessoal esse post é um pequeno desabafo a um e-mail recebido da minha lista na faculdade sobre vírus, achei interessante posta-lo.

Desculpem mais eu tenho que falar isso….

Eu acho é pouco… O windows é tão visado que você só encontra essas notícias sobre ele (falhas de segurança e virus)….

Sei que é por ignorância (opa, falta de conhecimento) que um usuário windows não migra para linux (ou outro sistema unix). Também, o windows praticamente tem a mesma cara desde o 95, então são praticamente 13 anos. Colocamos uma viseira de burro e só aceitamos o NEXT>NEXT>FINISH. Eu fui um, mais hoje estou muito contente por ter deixado o windows, meu trabalho rende 70% a mais.

Antigamente o linux realmente assustava, a interface gráfica era sebosa e muita coisa era feita em linha de comando. Hoje você pode comparar sua interface gráfica com a do windows tranquilo (usando o gerenciado chamado KDE[1]), vou colocar o link de um vídeo comparando o Windows XP com o Ubuntu[2] para ver a diferença. Não vou falar também das questões do Linux ser livre e tal, por que eu sei que muita gente usa software pirata e diz “Ah eu não pago nada, por que eu vou usar um software livre?”, isso já é questão de consiência 😀

Bem acho que a maior frustração da Macrosoft foi o Windows Vista, não vou negar que ele é bonito, mais beleza não é questão de funcionalidade! Bote isso na cabeça… No Linux existe um recurso chamado COMPIZ FUSION[3] que já é nativo no Ubuntu 8.04.

Programar no Linux??? Não tem nem comparação! O bom do Linux é a linha de comando principalmente para quem exerce a função de Programado e de Analista de Redes. Ou você Analista de Redes quer ficar marcando combo box????? (Não leve para o lado pessoa :D)

Ah mais não tem o programa que eu uso para editar imagens, escutar som, navegar na web (é to falando do IE, kkkk). O Linux APP Finder[4] é um ótimo site que mostra alternativas para o seu software favorito. Também tem que saber procurar né? ou vai dizer que você nunca entrou no super downloads[5]??? Tem pra Linux também se você não sabe….

Já ia esquecendo do principal, NÃO PEGA VIRUS!!!!

Agora olha ai o que está para vir em meados de 2010, o Windows 7 (seven), qual será a tela de erro que ele vai ter??? rs, brincadeira

E aproveitando, aqui está um site explicando como migrar de Windows para Linux: http://jalvesaq.googlepages.com/migrar.html

Algumas comparações entre Windows e Linux
http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=47167
http://i18n.counter.li.org/reports/place.php

[1] http://www.kde.org/screenshots/
[2] http://br.youtube.com/watch?v=xC5uEe5OzNQ
[3] http://br.youtube.com/watch?v=_ImW0-MgR8I
[4] http://www.linuxappfinder.com/alternatives
[5] http://superdownloads.uol.com.br/linux/
[5] http://linuxval.free.fr/winlin/

Próxima Página »